7 exemplos práticos do uso do sistema ERP na logística

A otimização dos processos é uma maneira eficiente de conseguir aumentar a produtividade e turbinar os resultados de uma empresa. Por isso, a utilização de um ERP na logística é uma possibilidade que deve ser considerada.

A logística é responsável por grande parte do sucesso de um negócio, portanto, alcançar bons índices de gestão está entre os principais objetivos pretendidos pelas empresas. Muitas melhorias e investimentos podem ser realizados a fim de cumprir o objetivo.

Neste artigo, mostraremos a importância do ERP para otimizar a logística do negócio, além de dar exemplos práticos do uso do sistema e o que deve ser analisado no momento de escolher a ferramenta. Acompanhe a leitura!

A importância de utilizar um ERP para otimizar as atividades no setor de logística

O ERP (Enterprise Resource Planning) é um sistema responsável pelo controle de toda a gestão de processos e informações e permite a integração de todos os setores. Com uma ferramenta dessas, o gestor consegue ter uma visão integral das etapas de trabalho e melhorar o desempenho da empresa.

O sistema é importante para otimizar todas as atividades e acelerar a automatização dos processos, eliminando o uso de notas, planilhas ou cadernos físicos. Com os dados disponíveis de forma digital, a perda de informações é praticamente extinta, o que traz vantagens para a produtividade do negócio.

Quando falamos de maneira específica sobre a logística, o rápido acesso às informações e a maior integração entre os setores são fatores que diminuem a quantidade de desencontros e aceleram os processos de compra e entrega.

A logística é um dos setores que traz mais dificuldades para a produtividade. São problemas na gestão de estoque, nas entregas, gargalos de produção e outros fatores. Na busca pela otimização dos processos logísticos, a ajuda de uma ferramenta que possibilite o maior controle dessas informações é essencial.

Conheça 7 formas de aplicar o ERP na logística

Como falamos acima, o ERP é fundamental para a logística da empresa. Se você ainda não sabe como ele funciona, confira 7 exemplos práticos do uso da ferramenta!

1. Gestão de pedidos

Ele permite que o gestor da área tenha total acesso a todas as informações sobre os pedidos de compra solicitados aos fornecedores. Com os dados em mãos, ele pode avaliar a efetividade do serviço e o cumprimento dos prazos. A avaliação pode apontar se os parceiros estão oferecendo o que a empresa necessita. Caso não estejam, demonstra a necessidade de encontrar novas parcerias.

Além disso, a integração entre os setores contribui para que as necessidades de compra cheguem rapidamente ao setor, que pode se preparar de maneira mais planejada, evitando o gasto excessivo durante as negociações.

2. Controle de estoque

O ERP trabalha na otimização e no controle de estoque, cuidando da prevenção de desperdícios ou perdas de produtos. Analise se a ferramenta desejada atende a diferentes processos no setor de estoque, como facilidade para fazer o inventário, além do controle de entrada, de saída, de quantidade e das datas.

O sistema fornece uma visão mais ampla sobre a rotatividade do estoque, o que auxilia para que o armazenamento tenha sempre à disposição o que é necessário para a produção. Isso ajuda a evitar a possibilidade de perda de matéria-prima.

A comunicação entre o estoque e a gestão de pedidos também é otimizada, diminuindo a falta de produtos essenciais, que derrubariam a produtividade e atrapalhariam os resultados de vendas.

3. Controle das frotas

O controle das frotas é essencial para o sucesso do empreendimento. Uma das possibilidades é monitorar o transporte das entregas em tempo real. Como resultado, o gestor conseguirá detectar falhas no processo e agir de forma rápida em busca da solução.

Os dados também servem para a otimização das rotas. Com eles, é possível descobrir quais são os melhores trajetos para os veículos, ajudando na redução de custos e na melhoria do processo de entrega.

4. Gestão financeira

A gestão financeira pode ser um dos principais desafios de uma empresa. Algumas funcionalidades que ERP traz são:

  • contas a pagar e receber;
  • fluxo de caixa;
  • integração bancária;
  • previsões de receitas e despesas;
  • relatórios, entre outros.

Essas funções facilitam o controle geral do negócio e evitam erros que possam comprometer a saúde financeira. Portanto, ao procurar uma ferramenta para a sua empresa, verifique se ela conta com as funcionalidades citadas acima.

5. Emissão de documentos fiscais

Além de contribuir com o controle financeiro, a ferramenta faz a emissão de documentos fiscais, deixando a empresa ciente de suas obrigações. Entre todos os gerenciamentos, o fiscal é sem dúvida o mais complexo, pois manter-se atualizado com todas as leis não é algo simples.

É bom lembrar que toda empresa que realiza o transporte de carga necessita emitir documentos fiscais eletrônicos e obrigatórios. O sistema é atualizado e efetua a emissão automática dessas guias, cumprindo todas as exigências legais e evitando problemas na área jurídica.

6. Processo de expedição dos produtos

Outra funcionalidade interessante é o auxílio no processo de expedição de produtos. Uma ferramenta de qualidade contém ampla variedade de relatórios de cargas, romaneios, minutas e etiquetas que tornam esta tarefa mais simples e prática.

7. Emissão de relatórios

Quando os processos são realizados da forma tradicional, a emissão de relatórios não é uma tarefa simples. Afinal, juntar todos os dados e produzir um novo em cima deles é algo trabalhoso e que está sujeito a erros.

O ERP oferece a emissão de relatórios automática. Assim, o gestor consegue acompanhar todas as etapas de logística da empresa, detectando possíveis gargalos de produção e trabalhando para melhorar os pontos fracos do negócio.

Estes são alguns exemplos práticos da utilização de um ERP na logística de uma empresa. Como vimos, ele é uma excelente solução para a otimização dos processos e o aumento da produtividade. Na hora de escolher uma opção, busque uma ferramenta que seja flexível e que disponibilize a personalização de acordo com as necessidades e objetivos do seu negócio.

Gostou deste conteúdo? Então, entre em contato conosco e saiba como a ferramenta da ONCLICK pode contribuir para os processos logísticos da sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *