Formas de envio para e-commerce: escolha a melhor opção 

formas-de-envio

Conhecer as formas de envio para e-commerce é a melhor maneira de encontrar a solução ideal para o seu negócio. 

Se você vende online, sabe o peso da operação logística no dia a dia do negócio e o quanto o frete é determinante para o sucesso das vendas. Mas você já parou para avaliar se está usando o modelo mais adequado e as ferramentas corretas para melhorar os seus resultados?

Hoje em dia, existem inúmeras formas de oferecer um serviço muito melhor ao seu cliente e ainda reduzir os custos com logística. 

No ecossistema do comércio eletrônico é possível encontrar ferramentas que foram desenvolvidas para apoiar a operação online e otimizar processos como a entrega do produto.

Quer saber mais sobre o tema? É sobre tudo isso que vamos falar nesse artigo, confira!

A importância da logística no comércio eletrônico

A empresa americana PwC realizou uma pesquisa sobre a experiência do cliente, chamada Global Consumer Insights, com mais de 15 mil consumidores de 12 países diferentes, entre eles o Brasil. 

Nos resultados do estudo, há um dado sobre logística que chama a atenção. Cerca de 40% dos entrevistados afirmaram estar dispostos a pagar mais por um frete mais rápido.

Além de impactar diretamente na experiência do consumidor, as condições de entrega e seu custo aparecem como principais fatores de abandono de carrinho no e-commerce. 

Já a pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), revelou que 39% dos consumidores brasileiros consideram o frete grátis como um dos fatores decisivos no momento da compra.

Formas de envio para e-commerce 

Os dados apresentados comprovam o que você possivelmente vive no dia a dia da sua empresa: para crescer no e-commerce, é imprescindível saber sobre logística, conhecer os modelos de envio, ferramentas de apoio e planejar a operação para evitar erros.

Abaixo falamos sobre as principais formas de envio para e-commerce. Fizemos essa lista para ajudar na sua pesquisa e na escolha das melhores plataformas. 

  1. Correios

A maneira mais conhecida e mais comum de envio para e-commerce no Brasil é o serviço dos Correios. Por ser tão popular, sua implantação é simples e não representa grandes dificuldades. 

Os Correios oferecem cobertura em todo o território nacional e integração com plataformas de e-commerce e ERPs, o que facilita ainda mais o uso do seu sistema.

Se para o vendedor o serviço dos Correios é uma opção simples, para o consumidor também é assim. O sistema de rastreamento, por exemplo, é bastante conhecido e proporciona um controle e comunicação acessível para as duas partes.

Vale salientar, ainda, que é possível negociar contratos com os Correios para economizar no valor unitário das entregas e oferecer mais benefícios ao cliente. 

Esta estratégia, no entanto, costuma ser ideal para empresas que já possuem um alto volume de vendas. Para escolher o modelo é preciso avaliar o custo-benefício no contexto do seu negócio. 

  1. Transportadoras

Atualmente, não faltam opções de transportadoras especializadas em logística para o e-commerce. Neste caso, é recomendado buscar uma empresa que esteja alinhada com o seu nicho e o tipo de produto vendido.

Para alguns segmentos do mercado, as transportadoras privadas representam a melhor alternativa. Uma boa estratégia de contrato com essas empresas pode resultar na redução de custos e na melhoria do tempo de entrega.

  1. Retirada na loja 

A possibilidade de retirar o produto pessoalmente na loja vem ganhando força com a expansão do modelo de negócio omnichannel.

Além de ser uma excelente alternativa para reduzir os custos de logística, desde que bem aplicado, este formato proporciona uma experiência diferenciada ao cliente.

A disponibilidade de pontos físicos para a retirada dos produtos pode ser uma das alternativas de entrega da sua empresa e ser aplicada como um diferencial de mercado.

  1. Serviços de envio dos marketplaces – fulfillment

Quem vende em marketplaces tem a vantagem de contar com o serviço fulfillment de alguns desses canais de venda.

O formato de logística completa tem foco na experiência do cliente e um excelente custo-benefício se estiver alinhado com a estratégia do vendedor. 

Ao escolher operar com esse modelo, você envia a mercadoria para o marketplace e ele se responsabiliza por toda a entrega, desde o armazenamento até o pós-venda.

O fulfillment vem ganhando espaço no e-commerce brasileiro e grandes marcas do setor estão investindo nesse tipo de serviço. Como exemplo podemos citar o Mercado Livre, a Amazon, a Via e a Americanas Marketplace.

Saiba mais: Entenda o picking e packing na logística

Como escolher a melhor opção de frete

Infelizmente, não existem regras para escolher a melhor forma de envio para e-commerce. Como comentamos no início, o primeiro passo é buscar informação e conhecer os formatos disponíveis no mercado.

Para avaliar as opções é necessário considerar vários fatores, como a região para a qual você vende, o tamanho da sua operação, os seus custos atuais com logística, entre outros.

A parte mais importante desse processo é avaliar cada possibilidade e aplicar ao contexto do seu negócio. Também é essencial buscar formas de otimizar e melhorar a gestão logística para que o tema não seja uma dor de cabeça para a sua empresa.

Veja mais: 7 exemplos práticos do uso do sistema ERP na logística

Como melhorar a operação logística nas vendas online

Há diversas maneiras de melhorar a operação logística do seu negócio, uma delas é justamente o que você está fazendo agora, buscando melhores formas de envio para e-commerce. 

Porém, junto às escolhas estratégicas é importante você pensar na parte operacional do negócio. Atualmente, existem diversas plataformas com soluções tecnológicas que apoiam o crescimento das vendas melhorando os processos.

Ter uma infraestrutura tecnológica adequada impacta diretamente na melhora da sua operação como um todo, inclusive a de envios. E como ter essa infraestrutura?

Buscando o máximo possível de integração. Para quem vende em diversos canais e deseja potencializar os resultados, é fundamental ter as ferramentas conectadas e a operação centralizada.

Se você ainda não tem uma operação de vendas automatizada, a dica final deste conteúdo é: busque plataformas robustas que possam acompanhar o seu crescimento e melhorar o seu dia a dia operacional. Para otimizar desde a configuração dos anúncios até a entrega ao cliente, integre a plataforma de centralização e automatização das vendas com um ERP de mercado. Assim, você terá a gestão completa da sua loja online, incluindo a entrega.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.