Como os relatórios ERP ajudam na gestão financeira da empresa?

ERP é a abreviação de Enterprise Resource Planning, que significa Planejamento dos Recursos da Empresa. Os relatórios ERP descrevem uma série de atividades gerenciadas por um software, que auxiliam na gestão dos processos na organização. Este é um sistema que organiza todas as informações para um melhor gerenciamento e diminuição de custos e tempo gastos nos processos.

Esses relatórios buscam analisar como está a utilização dos recursos disponíveis e também monitorar os resultados conquistados. Eles existem para aprimorar continuamente esse controle.

São vários os benefícios que o ERP pode trazer para uma empresa. Apresentaremos alguns deles neste artigo. Acompanhe!

Obtenção de um planejamento mais certeiro

O mercado competitivo atual exige cada vez mais resultados das organizações. Elas precisam encontrar maneiras mais assertivas e fáceis de criar planejamentos e de vender seus produtos e serviços — sendo necessário que seus processos produtivos sejam mais ágeis.

A melhor maneira de chegar ao potencial máximo de produção e diminuir custos nas empresas é trabalhar com planejamento inteligente e embasado. Com o ERP, é possível coletar informações de alta relevância para planejamentos futuros e controlar cada etapa da cadeia de produção.

Essa coleta possibilita a identificação de relevantes indicadores de resultado em cada processo e para todos os departamentos podem ser realizadas ações, previsões e metas para serem feitas nas próximas etapas da produção. Ao estabelecer ações e metas a curto, médio e longo prazo, pode-se organizar estruturalmente e financeiramente a empresa, a fim de gastar de forma otimizada e diminuir desperdícios financeiros.

Quando conta com um sistema ERP, a empresa pode tomar decisões mais assertivas e manter o foco em questões estratégicas, como na qualidade de seus produtos e serviços. Isto só é possível se todos os processos estiverem automatizados de forma consistente e segura.

Essa tecnologia possibilitou um negócio com muito mais lucros, pois traz mais eficiência no planejamento e na gestão de processos como um todo.

Minuciosidade no controle de estoque

As ferramentas presentes nos relatórios ERP auxiliam no ciclo produtivo da empresa e no seu planejamento. As organizações podem melhorar a qualidade do produto que oferecem e conseguir resultados mais satisfatórios, por meio de uma gestão minuciosa de todas as etapas do processo de produção.

Com a integração dos processos e a automação, a gestão de estoque fica mais segura e eficiente. Dessa forma, quando é criado um pedido de compra, o estoque é avisado para que o pedido seja separado, o marketing e os setores de compras também são notificados. De acordo com a sazonalidade, é possível realizar um planejamento de compras mais eficiente e conseguir operar com estoque bem próximo de zero.

Anteriormente, muitas indústrias compravam matéria-prima em grande quantidade para conseguir pagar um preço mais baixo. Todavia, os softwares ERP possibilitam diminuir significativamente o estoque da empresa, reduzindo gastos com produtos investidos e com local para guardá-los — isso tudo sem perder a função de comprar matérias-primas e produtos com preços menores.

Precisão e segurança no armazenamento de informações

Como o ERP é um sistema de gestão integrada que une e automatiza todos os departamentos e processos de uma organização, ele centraliza, em um único centro de controle e operações, as rotinas e informações. Ele facilita o fluxo de informações de uma organização a fim de otimizar a tomada de decisões dentro da instituição.

Este sistema ajuda de forma eficaz as corporações a conquistarem essa meta, reunindo e organizando informações em diversos níveis — oferecendo indicadores de performance que ajudam na gestão em tempo real.

Ele garante mais segurança na informação e nos dados, pois a integração das informações evita fraudes e extravios. Se o sistema que estiver sendo utilizado adotar o cloud computing (computação em nuvem), os dados ficam ainda mais seguros, pois estão criptografados.

O ERP possibilita centralizar e cruzar os dados de cada setor da empresa, evitando perda de tempo em buscas e processos pouco eficientes, retrabalhos e garante que não se perca nenhuma informação. Raramente, encontramos empresas que ainda usam pilhas de papéis ou livros-caixa para registrar as atividades. Também se engana quem acha que a planilha de Excel é totalmente confiável.

É algo desastroso para a empresa perder dados devido ao armazenamento inadequado de informações. Por isso, a utilização desse software é muito importante, pois ele garante que você tenha acesso a todos os dados que precisa a qualquer momento. A unificação dos trabalhos em apenas um sistema impede possíveis fraudes e que as informações sejam extraviadas.

Se ele estiver na nuvem, a empresa ganha segurança e tranquilidade, pois a infraestrutura e a manutenção da solução são responsabilidade do fornecedor. Uma organização precisa administrar as contas a pagar e a receber, controlar estoque, vendas e pedidos, emitir nota fiscal, folha de pagamento de funcionários, etc.

Poderia existir um software diferente para cada função, porém gerenciar todas essas informações separadamente gasta muito tempo e fica muito mais suscetível a erros. Agora, caso os dados estejam em apenas um sistema, falhas são mais difíceis de ocorrer.

Redução dos riscos na gestão financeira

Com processos já adaptados à realidade da empresa e padronizados se torna bem mais difícil ver operações sendo realizadas fora dos parâmetros estabelecidos e a gestão financeira fica mais efetiva. O software ajuda a diminuir os custos pelo fato de evitarem o desperdício de matérias-primas e outros materiais e reduzirem erros, gastos com mão de obra e retrabalhos.

Uma vantagem em relação à redução de custos é a maior certeza na hora de calcular impostos, diminuindo gastos de operação. Com uma boa gestão do fluxo de caixa, abrangendo produção, controle de estoque, compras e vendas, há também a redução de custos financeiros.

Esse sistema possibilita uma análise mais completa de todos os processos da organização. Assim, todas as decisões de manutenção dos estoques e compras de material, por exemplo, serão tomadas com base nos dados que a empresa tem, evitando compras mal planejadas e, consequentemente, o desperdício de dinheiro.

Em síntese, considerando todas estas vantagens, é possível compreender como os relatórios ERP, com suas políticas bem ajustadas e muito bem estruturadas consegue oferecer à empresa um aumento bem significativo na produtividade e consequentemente da rentabilidade. Isto se torna possível a partir do momento em que são usados os mesmos recursos com mais eficiência.

Você gostou do nosso artigo sobre como os relatórios ERP ajudam na gestão financeira da empresa? Aproveite a visita em nosso blog para assinar a nossa newsletter e receba nossas atualizações em sua caixa de entrada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *