Por que você deve estar atento ao Mobile Commerce?

*Por Marcel Farto, CEO da ONCLICK

O e-commerce no Brasil se destaca em nível global, principalmente porque a população está mais conectada.    

Indicadores apontam que a presença da internet é de 70,2% entre os brasileiros. Esta facilidade de acesso demonstra que há oportunidades para o comércio crescer por meio das vendas digitais. E é o que tem acontecido. 

A curva de crescimento do e-commerce brasileiro nos últimos anos fez com que se tornasse centro de investimentos de grandes marcas conhecidas em outras regiões do mundo, como a Amazon, as quais encontraram o momento de aproveitar os consumidores já adeptos ao modelo de compras on-line e os novos.

Essa estimativa foi potencializada no primeiro semestre de 2020 quando as vendas digitais bateram recordes. Estudos indicam a adesão de novos consumidores para o ambiente digital e apontam que a curva tende a manter-se em ascensão nos próximos anos. 

Entre os novos e velhos clientes virtuais há uma similaridade: ambos utilizam os dispositivos móveis para navegar nas lojas e realizar as suas compras. De acordo com o recente estudo The Covid-19 Series do Itaú BBA, 43,1% das vendas do e-commerce acontecem via smartphones, o que exige das marcas estratégias diferenciadas de experiência do cliente.

Mas vale ressaltar que 62% dos consumidores não voltam a comprar em lojas com as quais tiveram uma experiência ruim (dados do Google). 

Então, para aumentar e garantir a experiência no mobile commerce é preciso olhar a sua loja por dentro, ainda na estratégia, e proporcionar ao cliente:

  • Fácil e rápida navegação;
  • Digitação simples;
  • Pagamento descomplicado;
  • Segurança.

Mas como impulsionar as vendas e transformar o seu e-commerce em uma experiência mobile

O primeiro passo é saber que o mobile commerce já é realidade. O m-commerce, como é chamado, acontece quando as pessoas compram via um dispositivo móvel. 

Sabendo que o consumidor atual é omnichannel, o lojista também deve adotar uma estrutura para integrar os canais e atender à demanda em todos eles. 

Os principais recursos para compor esse ambiente multicanal são: 

  • Layout Responsivo 

Você pode aproveitar a plataforma que já faz as suas vendas, buscando adaptá-la para um layout responsivo

Essa responsividade faz com que as páginas de um site sejam exibidas em qualquer formato de tela, sem que haja perda das informações. Ou seja, proporciona a mesma experiência e facilidade de navegação em sua loja virtual pelo desktop ou pelo mobile

  • Análise de dados

Os dados são grandes aliados na compreensão do seu negócio e do que é tendência. Compreender quais são as direções para o segmento de atuação é fundamental para se destacar dos competidores e crescer.

Além dessas informações macro, analisar o perfil do consumidor, como ele se comporta em cada canal e suas preferências norteiam as ações que serão feitas para impactar cada um. 

  • Marketing Digital

É preciso focar nessa experiência omnichannel para os que já são clientes e os potenciais. Isso porque eles são o foco das ações e enxergam o todo da marca, não apenas a loja virtual ou a física.

Para conseguir atingir esse objetivo, é preciso convergir os canais, fazer com que os produtos estejam disponíveis em todos eles, além de aproximar os consumidores por meio das redes sociais.

Ao impactá-los nas redes que mais utilizam, como Instagram, Facebook e Youtube, as conversões costumam ser mais assertivas e rápidas, já que há o impulso de compra no momento de impacto. 

  • Gestão Integrada

Contar com uma gestão integrada é imprescindível para que se tenha visibilidade completa de todas as áreas, reunindo e analisando as informações e resultados para inovar com novas funções e aplicações da loja virtual. 


Essa visão geral do negócio é dada a partir de um sistema único que analisa todos os setores: financeiro, estoque, compras, fluxo de caixa, comercial. Com isso, compreende-se a jornada do cliente em todos os canais e como levar a sua marca até ele da maneira mais assertiva. 

Nos dias atuais, essa proximidade é feita, em maior parte, a partir dos dispositivos móveis, os quais serão cada vez mais decisivos na escolha do cliente pela facilidade e praticidade de acesso. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *