Aprenda a liderar a gestão de mudanças na sua empresa!

Uma empresa precisa ser dinâmica e competitiva para se manter firme no mundo corporativo. Portanto, deve prezar pela abertura a transformações e inovações, acrescentando solidez ao negócio. Dentro deste contexto, a gestão de mudanças ganhou relevância como área fundamental para as organizações.

Trata-se de uma estratégia importante para contribuir na complicada missão de implementar alterações estruturais, táticas ou qualquer outra mudança capaz de trazer benefícios a favor do crescimento da companhia.

Neste artigo, explicamos o que é a gestão de mudança e quais são os seus níveis. Em seguida, ressaltamos o papel dela para a empresa e listamos boas práticas que devem ser empregadas para liderar o processo. Acompanhe a leitura!

O que é a gestão de mudanças e quais são seus níveis?

A gestão de mudanças é responsável pela forma que se prepara, equipa e apoia os indivíduos para que adotem mudanças, com o objetivo de alavancar os resultados organizacionais.

É claro que cada pessoa tem próprias peculiaridades mas, com a aplicação das técnicas corretas, existem possibilidades para agir de maneira a influenciar as transformações pessoais.

Com essa ferramenta, é possível oferecer uma abordagem estruturada para apoiar os colaboradores no processo de domínio de inúmeras fórmulas de trabalho, garantindo vantagens para a empresa. Na sequência, confira quais são os níveis da gestão de mudanças!

Nível individual

O natural do ser humano é resistir às mudanças. A fim de evitar tal reação, é necessário entender como as pessoas reagem.

Na fase individual, psicologia e neurociência contribuem para que a alteração seja aceita da melhor forma, descobrindo que tipo de mensagem precisa ser passada, mostrando qual o melhor momento para ensinar uma novidade e outros detalhes que trazem solidez às transformações.

Nível do projeto

Muitas vezes é impossível gerenciar pessoa por pessoa. Neste nível, a gestão busca ações que devem ser tomadas para facilitar a transição dos indivíduos. Ela identifica os grupos que exigem mudanças e apresenta maneiras para fazer isso.

É importante a elaboração de um plano personalizado, capaz de assegurar que o grupo receba o treinamento, as condições, a liderança e a conscientização necessárias para que passem com sucesso pelo processo.

Nível organizacional

No nível organizacional, a gestão é responsável por estabelecer a competência de mudança em todos os estágios da organização. Isso significa que funções, estruturas, processos e projetos estarão alinhados a essa estratégia.

Levando o contexto em consideração, os líderes têm habilidades suficientes para orientar seus grupos, e os funcionários sabem do que precisam para alcançar o sucesso.

Qual é a importância da gestão de mudanças para sua empresa?

Uma gestão de mudanças eficaz traz vários benefícios para a empresa. É possível notar que as pessoas adotam as transformações de forma mais rápida e eficiente, respondem rapidamente às novidades do mercado, engajam-se em iniciativas estratégicas e usam novas tecnologias com maior agilidade, reduzindo o impacto sobre a produtividade.

As alterações podem ser variadas, passando pelos setores de processos, financeiro, administrativo, recursos humanos, planejamento estratégico, tecnologia, entre outros. O importante é que elas estejam baseadas em todas as operações da empresa, avaliando o contexto e oferecendo soluções para os mais diversos problemas.

Em algumas áreas, a resistência tende a ser um pouco maior. Quando uma equipe está muito acostumada com os processos vigentes, a troca é penosa e de difícil implementação. É preciso ter habilidade para demonstrar as vantagens do novo método, como a automação de processos, e conquistar o grupo.

Quanto ao uso da tecnologia, também há uma ressalva entre os funcionários. Alguns preferem manter as operações na forma analógica ou continuar com as ferramentas já utilizadas, pois as dominam. Porém, é interessante mostrar quais os benefícios das novas práticas que serão empregadas e deixar claro o motivo da modificação.

Como liderar a gestão de mudanças?

Grande parte do sucesso da gestão de mudanças reside no modo de condução realizado pelos líderes. A seguir, listamos boas práticas que devem ser seguidas para atingir os melhores resultados e exercer uma liderança positiva!

Comunique os processos

A comunicação é essencial para o bom andamento e a aceitação das mudanças. Comunique desde o início quais serão os novos processos e esteja disponível para responder as principais dúvidas.

Mesmo que você não tenha todas as respostas no momento, apresente o que já sabe e atualize as demais informações assim que elas forem chegando.

Demonstre suporte à mudança

Algumas vezes nem mesmo o dono digere bem as transformações, o que não é muito saudável em relação ao processo. Portanto, é fundamental dar suporte a essa escolha, passando confiança para as demais pessoas envolvidas na mudança e se colocando à disposição para ajudar.

Ao perceber que o gestor está envolvido e oferecendo suporte, os funcionários se sentem mais à vontade, aceitando a ideia e expondo possíveis problemas.

Engaje as pessoas envolvidas

Se as pessoas corretas forem convencidas a trabalhar proativamente ao lado das mudanças, a probabilidade de aumentar o engajamento geral também cresce.

Quando todos estão convencidos dos benefícios e dispostos a aprender, a tendência é de evolução como equipe e como empresa.

Identifique e gerencie a resistência

É necessário saber que haverá resistência, portanto tente estar sempre um passo à frente e planejando detalhes para enfrentá-la.

Dependendo da mudança, é possível prever quais funcionários ou equipes serão os mais resistentes, elaborando estratégias de abordagem para cada público. O diálogo é importante na tentativa aparar as diferenças e corrigir falhas do processo.

Lembre-se de ter ao seu lado líderes e pessoas influentes, pois eles serão necessários para aplacar a resistência e motivar os demais funcionários. Quando pessoas de distintos cargos e níveis de hierarquia reagem de forma positiva, o sentimento tende a se espalhar por toda a empresa.

Pois bem, você aprendeu um pouco mais a respeito da gestão de mudanças e a importância dela para o ambiente corporativo. Com cuidado e planejamento, é possível exercer uma liderança positiva e inspiradora, fazendo com que as transformações necessárias ocorram de maneira eficiente em seu negócio.

E aí, o conteúdo foi útil para você? Então aproveite que está por aqui e acesse o nosso guia completo para automação de processos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *