PIX no e-commerce: vale a pena e como usar?

pix

Se tem algo que o Brasil está na vanguarda mundial é o sistema financeiro. Organizado por agentes normativos, supervisores e operadores, investe em tecnologia para facilitar e desburocratizar os processos. Uma das mais recentes novidades é o PIX. 

Esse modelo de pagamento instantâneo foi lançado em novembro de 2020 pelo Banco Central (BC) e é considerado uma disrupção tecnológica. Isso porque permite que o dinheiro chegue de forma imediata em uma conta corrente, sem a necessidade do pagamento de taxas extras às instituições financeiras.

Tanto é que, logo no início, bateu recordes de uso. Quinze dias após o lançamento já registrava mais de 41 milhões de usuários no Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT), o bando de dados responsável por controlar as chaves de acesso.

O PIX diminuiu o uso de métodos tradicionais, como boleto bancário, TED e DOC. Assim, os negócios se reinventaram para atender aos consumidores e suas novas preferências de consumo e de pagamento.

“O BC quer que o PIX seja um agente impulsionador dos instrumentos de pagamento eletrônico.” (Ricardo Mourão, consultor no Banco Central)

No e-commerce não foi diferente. Os bancos e as fintechs criaram sistemas específicos para que os lojistas passassem a aceitar o PIX, sem perder vendas. 

Para saber se vale a pena implantar esse meio de pagamento na sua loja virtual e como usá-lo, continue neste conteúdo especial da ONCLICK. 

O que é o PIX?

Por mais que pareça, PIX não é uma sigla. O nome, que representa o novo conceito financeiro, foi escolhido pelo BC por remeter à tecnologia, transações e pixels (que são os pontos luminosos de uma tela).

De forma simplificada, assim como o seu funcionamento, o PIX é uma marca simples e fácil de ser memorizada pelos usuários.

Funcionando 24 horas por dia, 7 dias na semana, permite que transações sejam efetuadas em até 10 segundos e não exige cadastros ou aplicativos específicos. Basta ter conta corrente em um banco tradicional ou fintech e a chave PIX, que pode ser o número do CPF, CNPJ ou do celular, um e-mail ou uma sequência de caracteres criada pelo usuário.

O PIX também não tem custo — apenas pessoas jurídicas podem pagar taxas para incluí-lo em plataformas, como o e-commerce. 

Por isso, tornou-se um sucesso. De acordo com a Pesquisa de Tecnologia Bancária da Febraban e da Deloitte, em um ano de PIX houve um aumento de 72% de usuários cadastrados, ou 51 milhões de pessoas. Já para as contas de pessoa jurídica, o crescimento registrado foi de 445%. 


Leia no blog ONCLICK: Como escolher as melhores formas de pagamento online?

Vantagens para consumidores e comerciantes

Apenas no primeiro trimestre de 2022, as vendas no comércio eletrônico tiveram um acréscimo de 10% em decorrência do PIX, segundo a Neotrust.

Para o economista e diretor financeiro do Popibank, Marcelo Pereira, até o ano de 2025 o uso do PIX dobrará o rendimento de muitos negócios no e-commerce e, nos dias atuais, o cliente é o maior beneficiado no processo por ter uma compra mais ágil e segura.

Seguindo os dados e as previsões, também são destacadas as seguintes vantagens para consumidores e comerciantes:

  • Baixo custo. Como não há intermediadores, os comerciantes têm menores taxas para os pagamentos via PIX.
  • Disponibilidade. Ao funcionar 24x7x365, os consumidores podem adquirir os produtos quando e de onde quiserem, o que adiciona maior potencial de venda aos comércios online.
  • Segurança e eficiência. Por meio da chave pessoal, o usuário realiza a transação de forma rápida e com segurança no e-commerce, sem precisar ser transferido para outras páginas de pagamento. 

Como usar o PIX da forma correta no e-commerce

Para configurar, é preciso estar integrado a uma plataforma de pagamentos que ofereça o serviço. Basta acrescentar o PIX aos demais métodos aceitos pela sua loja online, como cartão de crédito e débito, boleto bancário e transferências.

Tão logo esteja disponível, o cliente que optar por esse meio de pagamento receberá um QR Code para escanear e finalizar a compra. 

De forma instantânea, você recebe o dinheiro e já conecta ao sistema de gestão da sua loja, tendo todas as informações à mão. 

Uma vez que o pagamento é feito na hora, você ainda pode incentivar seus clientes com descontos ou brindes especiais. 

Por ser uma tecnologia nova e simples de ser utilizada, o PIX tornou-se um sucesso entre usuários e lojistas. Se você ainda não tem no seu e-commerce, adicione e aproveite para expandi-lo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.