Saiba o que é gestão de risco e como aplicá-la no seu e-commerce!

Todo negócio é suscetível a riscos e problemas, não é verdade? O que poucos empreendedores sabem é que é possível realizar um trabalho de redução da exposição a esses fatos.

A gestão de risco é uma área que vem crescendo cada vez mais e se arriscar para colocar de pé um sonho empreendedor é uma tarefa árdua e muito interessante. Passar por momentos de crise, por exemplo, é um fator comum aos mais diversos negócios do país. A história moderna do Brasil já demonstrou diversos períodos de recessão econômica e alta desenfreada da inflação.

O avanço do novo coronavírus já é um retrato da situação de emergência em saúde global, o que também reflete diretamente na área econômica. Nessa análise, saber aplicar a gestão de risco em seu e-commerce é uma tarefa fundamental. Saiba mais a seguir!

O que é gestão de risco?

Inicialmente, é fundamental que haja um entendimento bastante claro desse conceito. Pois bem, esse termo nada mais é do que a adoção de práticas, estratégias e planos de contingência para lidar com qualquer ameaça ao negócio. O ponto-chave é minimizar e neutralizar ações que coloquem em risco a viabilidade do negócio.

Em um e-commerce, é interessante reconhecer que existem alguns riscos, tanto internos, quanto externos. Veja alguns logo abaixo:

  • chargebacks;
  • inadimplência;
  • fraudes bancárias;
  • extravio de dados;
  • queda nas taxas de conversão.

Assim, a gestão de risco baseia-se no combate a todo e qualquer obstáculo que coloque o e-commerce em dificuldade, afinal, toda empresa precisa transparecer segurança e cuidar muito bem dos seus dados.

Dessa forma, o cliente estabelece um vínculo de confiança, viabilizando novas compras no futuro. Tudo isso demonstra como é importante que exista uma atenção muito especial com os aspectos relacionados à segurança.

Como aplicar a gestão de risco no e-commerce?

Partindo para o ponto prático, é provável que você esteja em dúvidas sobre como aplicar a gestão de risco no seu e-commerce. Existem alguns passos essenciais que garantem o sucesso nesse processo e promovem uma boa execução do projeto.

Sendo assim, a identificação de pontos de risco é o primeiro e mais importante passo dessa lógica. É preciso entender que para minimizar ou neutralizar ações é fundamental que exista uma boa clareza dos processos.

O empreendedor e sua equipe devem focar na detecção de possíveis fragilidades e pontos que demonstrem lacunas no projeto. Colher feedbacks e realizar testes são boas práticas para se detectar esses fatos.

Em seguida, deve ser realizada uma análise do impacto dos riscos. Isso tem como objetivo criar uma linha de trabalho segundo os pontos mais críticos do negócio, ou seja, por meio da geração de uma escala de prioridades.

Com esse projeto, fica muito mais fácil traçar metas de execução e corrigir possíveis efeitos danosos durante o processo. Em seguida, há toda a lógica de planejamento das ações a serem tomadas. Elas devem seguir uma ordem de necessidade e devem proporcionar mudanças progressivas e controladas.

Quais as vantagens da gestão de risco para um e-commerce?

De forma prática, você sabe quais são os reais benefícios da gestão de risco para uma loja virtual? Existem alguns fatores que justificam a importância dessa tomada de medida. Em primeiro lugar, trazer mais segurança aos dados dos seus clientes.

Isso por si só já é uma imensa vantagem competitiva. A segurança nas negociações é um fator que traz benefícios mútuos. Ou seja, isso vale tanto para o vendedor quanto para o cliente final que adquire o produto. Transparência e sigilo dos dados pessoais e bancários são processos que trazem muito mais profissionalismo a um e-commerce.

Outra vantagem ligada à gestão de risco é a melhoria em indicadores de performance. Existem diversas métricas que são muito importantes para a gestão de risco. Uma das mais conhecidas é o chargeback. Você sabe o que ele representa?

Esse termo nada mais é do que o cancelamento de um pagamento feito via cartão de débito ou de crédito. É realizada uma contestação direto com a administração do cartão e isso faz com que o estorno da compra seja garantido pelo cancelamento.

A ocorrência desse tipo de evento traz diversos prejuízos ao e-commerce e coloca a saúde financeira do negócio em risco. Afinal, o gestor já tem em vista que terá um lucro com a venda, mas há o cancelamento. Isso traz à tona um cenário de prejuízo em que antes havia a certeza de lucro garantido.

Ao investir em ações para controle de riscos e minimização de efeitos nocivos, há um ganho substancial para o empreendimento. Conhecer o problema é o passo mais importante a ser dado. Pense nisso!

Por fim, temos a otimização da gestão da loja como um efeito da aplicação da gestão de risco. Como isso é possível? Pois bem, a criação de um ambiente baseado na segurança operacional proporciona mais tranquilidade aos gestores. Assim, eles podem executar suas tarefas com bastante eficiência e trazer mais produtividade ao negócio.

Criar uma estrutura que proteja o e-commerce faz com que exista uma previsibilidade de toda a estrutura financeira e organizacional. Isso possibilita um planejamento mais acertado das metas e um trabalho muito eficiente.

Ao longo desse conteúdo, você descobriu um pouco mais sobre a estratégia de gestão de risco. Apesar do grande enfoque no mercado de e-commerces, é possível aplicar essas dicas e estratégias nos mais diversos negócios que possuem pontos críticos e querem crescer ainda mais.

A gestão de risco não é um fator isolado. Ela deriva da aplicação dos mais diversos processos e metodologias que visam garantir um resultado final satisfatório para as empresas. Como os e-commerces representam o futuro do mercado consumidor, diversas varejistas tradicionais já passaram a aumentar seus investimentos nesse modal de venda por conta dos mais diversos benefícios ofertados.

Gostou do nosso artigo sobre gestão de risco? Então, siga nossas páginas no YouTube, Facebook e LinkedIn para ter acesso a todas as novidades do mercado. Você não vai perder a oportunidade de ampliar seus conhecimentos, não é mesmo? Acompanhe nossos canais agora mesmo. Boas vendas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *